Ban pede que partes envolvidas em conflito respeitem cessar-fogo na RDC

Nações Unidas, 19 nov (EFE) - O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, pediu hoje a todas as partes envolvidas no conflito no leste da República Democrática do Congo (RDC) para respeitarem o cessar-fogo para permitir uma saída pacífica à crise.

EFE |

A porta-voz da ONU, Marie Okabe, disse que o secretário-geral também pede que as partes assegurem a passagem através das frentes de combate da assistência humanitária destinada aos deslocados pelo conflito.

Ban deu as boas-vindas à anunciada retirada das forças do rebelde Congresso Nacional para a Defesa do Povo (CNDP) e à aparente abertura de corredores humanitários que permitam um "acesso sem dificuldades" à população civil apanhada pela violência, assinalou a porta-voz.

Nesse contexto, prosseguiu Okabe, o secretário-geral aprecia o trabalho de mediação realizado nos últimos dias por seu enviado especial, o ex-presidente da Nigéria Olusegun Obasanjo.

A ONU quer aproveitar o cessar-fogo temporário na província de Kivu Norte para reforçar as gestões de Obasanjo para iniciar um processo de negociação e dar tempo a fortalecer o contingente da missão de paz da ONU no congo (Monuc). EFE jju/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG