Ban pede que Obama estreite relações entre EUA e ONU

Nações Unidas, 5 nov (EFE).- O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, felicitou hoje Barack Obama pela vitória nas eleições presidenciais e lembrou o compromisso feito durante a campanha de estreitar a colaboração dos Estados Unidos com as Nações Unidas.

EFE |

"Como secretário-geral da ONU desejo colaborar com a nova Administração para alcançar nossos objetivos comuns e nossas enormemente importantes metas compartilhadas. Acho que se trata de uma oportunidade histórica", disse o secretário-geral durante um encontro com a imprensa.

Ban lembrou que Obama assinalou durante a campanha que não há nenhum país com mais "coisas em jogo" na ONU que os EUA. Segundo ele, o presidente eleito falou sobre "montar pontes de cooperação com as Nações Unidas e outros países".

O secretário-geral citou uma frase de Obama, na qual o democrata disse que a verdadeira colaboração requer compartilhar a responsabilidade do desenvolvimento e da diplomacia, do progresso e da paz, e que os aliados escutem, aprendam, e confiem uns nos outros.

"Confio hoje no futuro das relações entre Nações Unidas e EUA, e confio em que nos dispomos a viver uma era de um novo multilateralismo e renovadas colaborações", assegurou Ban.

Em nome da Onu, Ban felicitou Obama por sua vitória e disse ter acompanhado muito de perto e com grande interesse a campanha ao longo do ano.

A boa relação com Washington é um dos pilares da política de Ban desde que em 1º de janeiro de 2007 assumiu o cargo de principal responsável das Nações Unidas.

Para Ban, a ONU não pode cumprir sua incumbência caso não tenha uma estreita colaboração com a primeira potência do mundo e o maior contribuinte financeiro da organização. EFE jju/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG