Ban pede leis mais severas contra cultivo, tráfico e produção de drogas

Nações Unidas, 26 jun (EFE).- O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, se pronunciou hoje a favor de leis mais severas para acabar com o cultivo, produção e tráfico de drogas ilícitas, e defendeu também aumentar a assistência aos países em desenvolvimento mais vulneráveis a esse problema.

EFE |

Ban deu tais declarações durante a celebração do Dia Internacional Contra o Abuso e o Tráfico Ilícito de Drogas, e lembrou que este ano é o do centenário das reuniões da Comissão do Ópio em Xangai (China), para acabar com esse problema que, à época, alcançou níveis de epidemia no país asiático.

O secretário-geral da ONU indicou que "o abuso das drogas pode ser prevenido, tratado e controlado". Além disso, pediu aos países-membros do organismo multilateral para que incorporem os tratamentos antidrogas em seus programas de saúde pública.

Ban também lhes pediu a plena implementação das convenções da ONU contra o crime organizado transnacional e contra a corrupção, já que são instrumentos que podem ajudar a prevenir e controlar os delitos relacionados ao tráfico de drogas.

Ainda segundo o responsável pela ONU, uma maior assistência aos países mais vulneráveis ao tráfico de drogas, incluindo o reforço das leis, os ajudará a melhorar em estabilidade e a conseguir os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio contra a pobreza. EFE emm/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG