Ban pede a Coreia do Norte que volte a negociações

HELSINQUE (Reuters) - O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, disse nesta terça-feira que a Coreia do Norte deve retornar às negociações com seus vizinhos e com os EUA depois de realizar novos testes nuclear e com mísseis. A única opção viável neste momento para a Coreia do Norte continuar sendo um membro responsável da comunidade internacional é voltar à mesa de diálogo, disse Ban em entrevista coletiva em Helsinque.

Reuters |

"Por meio do intercâmbio e da cooperação entre (as Coreias do) Sul e Norte, e por meio de um diálogo entre as seis partes, essa é a melhor forma pela qual os norte-coreanos podem desempenhar um papel", disse o sul-coreano Ban.

O Conselho de Segurança da ONU condenou por unanimidade na segunda-feira o teste nuclear norte-coreano, dizendo que ele viola uma resolução aprovada após o primeiro teste nuclear do país, em 2006.

A Rússia disse na terça-feira acreditar que a Coreia do Norte irá enfrentar uma resolução dura da ONU, porque a reputação do Conselho de Segurança está em jogo, segundo a agência de notícias Interfax.

Mas Ban, que se disse "profundamente preocupado" com o teste nuclear, evitou especular sobre a resolução que está sendo preparada.

"Deixo aos membros do Conselho de Segurança quais medidas devem ser tomadas", afirmou.

(Reportagem de Brett Young)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG