Ban parabeniza Obama por fechamento de Guantánamo

Nações Unidas, 23 jan (EFE).- O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, parabenizou o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, por sua decisão de fechar a prisão de Guantánamo e revisar os procedimentos de detenção e interrogatórios de suspeitos de terrorismo.

EFE |

A porta-voz da ONU, Michèle Montas, disse que Ban compartilha a satisfação expressada na quinta-feira pela Alta comissária de Direitos Humanos (ACDH) da ONU, Navi Pillay, depois de Obama assinar em cerimônia na Casa Branca as ordens executivas correspondentes.

"Ban recebe com satisfação a proibição decretada pela nova Administração dos EUA ao uso de certos métodos de interrogação", afirmou Montas.

A porta-voz lembrou que as Nações Unidas defenderam repetidamente o fechamento do centro de detenção situado em uma base militar dos EUA em território cubano, e ressaltou que o organismo se sente "encorajado" com o fato de que Obama tenha outorgado uma alta prioridade ao respeito dos direitos fundamentais.

"O secretário-geral deseja colaborar com todos os países-membro das Nações Unidas na luta contra o terrorismo dentro de um respeito completo das obrigações internacionais em matéria de direitos humanos", acrescentou.

A ordem executiva assinada por Obama prevê o fechamento, no prazo de um ano, da prisão da base naval de Guantánamo, no sudeste de Cuba, construída em 2002 para suspeitos de terrorismo. EFE jju/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG