Ban Ki-moon se reúne com presidente iraniano em sede da ONU

GENEBRA - O secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, reuniu-se hoje com o presidente iraniano, Mahmoud Ahmadinejad, no Palácio das Nações em Genebra, onde acontece a conferência sobre o racismo, informaram fontes da ONU.

EFE |

Coincidindo com o encontro, o escritório de Ban Ki-moon emitiu uma declaração deste por ocasião do Dia do Holocausto, na qual Ban condena a negação do massacre de judeus por nazistas ou a minimização do fato.

"Ignorar o fato histórico desses terríveis eventos aumenta o risco de que possam se repetir", afirma Ban, na declaração.

Ahmadinejad é o único chefe de Estado que assiste a este fórum, e deve discursar perante os presentes esta tarde.

A presença de Ahmadinejad em Genebra causou a indignação de Israel, que hoje chamou hoje a consultas seu embaixador em Berna, em protesto contra a reunião mantida ontem à noite entre o presidente suíço, Hans-Rudolf Merz, e seu colega iraniano.

O líder iraniano se encontra na Suíça desde o fim de semana passado para participar da conferência da ONU sobre racismo e outras formas de intolerância, que começou hoje em Genebra em meio à polêmica pelo boicote de nove países, entre eles Estados Unidos e Israel, que consideram que o fórum é de caráter antissemita.

Ao inaugurar hoje o fórum, Ban Ki-moon lamentou "profundamente" o boicote dos países e afirmou que a minuta adotada por consenso é "equilibrada".

    Leia tudo sobre: ban ki-moononu

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG