Ban Ki-moon se diz preocupado com violência no Iêmen

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, se declarou nesta sexta-feira preocupado com os recentes ataques aéreos que mataram mais de 80 civis no norte do Iêmen, e pediu o fim imediato dos combates entre o Exército iemenita e os rebeldes xiitas.

AFP |

Ban Ki-moon "está profundamente preocupado com as informações sobre recentes ataques aéreos conduzidos durante operações militares no norte do Iêmen", segundo um comunicado emitido pela assessoria do secretário-geral.

O sul-coreano conclamou todas as partes a "encerrar imediatamente os combates" e a "abrir urgentemente um acesso humanitário às áreas afetadas".

A ONU lançou um apelo à ajuda de emergência para suprir as necessidades imediatas das populações afetadas, e se disse disposta a fornecer qualquer assistência suplementar que seja necessária.

Mais de 80 civis, entre eles mulheres e crianças, morreram em um ataque aéreo contra um campo improvisado de refugiados no norte do Iêmen, onde ocorrem intensos combates há mais de um mês entre o Exército e rebeldes xiitas.

hc/yw/LR

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG