O secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-Moon, saudou neste domingo a escolha de Michel Sleimane como novo presidente do Líbano, expressando sua esperança de que a eleição leve a uma revitalização de todas as instituições constitucionais do país.

"O secretário-geral felicita o povo do Líbano pela eleição de Michel Sleiman como presidente da República", informou sua assessoria de imprensa em um comunicado.

Ban, que no domingo participou em Yangun de uma conferência de doadores para ajudar as vítimas do ciclone Nargis, em Mianmar, declarou-se esperançoso de que "o acontecimento huistórico de hoje (domingo) leve a uma revitalização de todas as instituições constitucionais do Líbano e a um retorno ao diálogo político".

O secretário-geral da ONU pediu que todos os partidos libaneses trabalhem juntos para consolidar a soberania, a estabilidade e a independência do Estado libanês.

Sleimane, chefe do Exército libanês na última década, prestou juramento no domingo após a votação parlamentar.

Sua eleição põe fim ao impasse político que há 18 meses paralisa o país, que chegou a ficar à beira de uma nova guerra civil.

ga/ap

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.