encorajado por conversas com a junta birmanesa - Mundo - iG" /

Ban Ki-moon encorajado por conversas com a junta birmanesa

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, se declarou encorajado pela decisão da junta militar que governa Mianmar de permitir a entrada de voluntários estrangeiros para levar ajuda aos 2,4 milhões de desabrigados pelo ciclone Nargis, mas reconheceu que este foi apenas o primeiro passo.

AFP |

"Estou encorajado por minhas discussões com o governo birmanês, mas o ponto chave será a materialização da ajuda", disse Ban em uma entrevista coletiva ao retornar a Yangun da remota capital do país, Naypyidaw, onde se reuniu com o presidente birmanês, o generalíssimo Than Shwe.

"O mundo está observando. Precisam fazer mais", acrescentou.

Após um encontro de mais de duas horas com o número um birmanês, na nova capital do país, Ban anunciou que o generalíssmo concordara em permitir a entrada de todos os voluntários, independente da nacionalidade.

Ao ser perguntado pelos jornalistas se a autorização abriu uma brecha na atitude da junta de Mianmar, o secretário-geral respondeu e disse ainda que Than Shwe "adotou uma posição bastante flexível na questão".

O líder da junta militar aceitou ainda que o aeroporto de Yangun seja utilizado como plataforma internacional para a distribuição de ajuda humanitária.

hla-mc/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG