O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, disse estar muito preocupado nesta terça-feira com a situação em Madagascar e a renúncia do presidente malgaxe Marc Ravalomanana.

De acordo com nota divulgada na sede das Nações Unidas, Ban "pede a todas as partes envolvidas que ajam de forma responsável para a estabilidade e a transição sem incidentes para a via democrática".

ga/sf/sd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.