O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, pediu mais transparência na contagem de votos no Zimbábue para que o povo tenha total confiança nos resultados, destacou nesta terça-feira sua assessoria de imprensa.

"No momento em que prossegue a contagem dos votos, o secretário-geral faz um apelo à calma e pede que a operação se desenvolva na maior transparência, de modo a que o povo do Zimbábue possa confiar totalmente no processo", diz o comunicado.

O clima de tensão aumentou nesta terça-feira com a demora na divulgação dos resultados da presidencial no Zimbábue, três dias depois do pleito.

hc/cel/sd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.