Ban Ki-moon pede que empresários apóiem novo tratado sobre o clima

O secretário-general da ONU Ban Ki-moon pediu que os grandes dirigentes empresariais, reunidos neste domingo em Copenhague a seis meses da Conferência mundial sobre o clima, participem ativamente da luta contra o aquecimento global.

AFP |

"Hoje, quero lançar um desafio a vocês. Quero vê-los na vanguarda de um esforço sem precedentes para reorganizar a economia mundial, transformando-a em uma economia mais limpa, mais ecológica e mais sustentável", afirmou Ban aos dirigentes de vários grupos empresariais.

O secretário-geral da ONU exortou os empresários do mundo inteiro a apoiarem a conferência internacional de dezembro. "Com seu apoio e com seu exemplo devemos mostrar a vontade política necessária para concluir um novo acordo climático ambicioso", afirmou na abertura do encontro, que reunirá durante três dias cerca de 700 empresários e especialistas.

As Nações Unidas têm a esperança de conseguir fechar na conferência de dezembro, em Copenhague, um novo acordo mundial de luta contra o aquecimento global que substitua o Protocolo de Kioto e aumente os cortes de emissões de gases do efeito estufa quando este expirar em 2012.

Ressaltando a importância dessa reunião, o secretário-geral da ONU considerou "essencial" não permitir que a crise econômica "mais grave desde os anos 30" comprometa "este momento político, os investimentos e a inovação de que tanto necessitamos para lutar contra as mudanças climáticas".

ga/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG