O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, pediu nesta sexta-feira ao chefe da junta militar de Mianmar a libertação de todos os presos políticos, incluindo a prêmio Nobel da Paz Aung San Suu Kyi, a quem deseja visitar na prisão, e informou aguardar uma resposta.

Ban Ki-moon se reuniu com o número um do governo birmanês, o general Than Shwe, na nova capital do país, Naypyidaw (centro).

"Eu disse que queria vê-la (Aung San Suu Kyi) pessoalmente. Ele me disse que ela está sendo processada, mas eu afirmei que este era meu pedido, que era importante e que esperava a resposta", declarou Ban à imprensa.

hc/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.