Ban Ki-moon pede acordo vinculante sobre clima em 2010

O secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, admitiu nesta segunda-feira que o acordo de Copenhague sobre o clima não avançou o suficiente, e pediu aos líderes mundiais que cheguem a um entendimento para se obter um acordo vinculante em 2010.

AFP |

"Tenho consciência do fato de que o resultado da conferência de Copenhague, incluindo o Acordo de Copenhague, não foi o que muitos esperavam", disse o secretário-geral em Nova York, após retornar da capital dinamarquesa.

"Mas é um princípio, um princípio essencial (...) demos um passo importante na direção certa".

Ban disse que os líderes mundiais precisam "se comprometer diretamente na busca de um tratado mundial legalmente vinculante sobre o aquecimento global para 2010".

Segundo o secretário-geral, o desafio para a ONU consiste em mobilizar a vontade política necessária e conseguir traduzi-la em atos.

Ban declarou que criará, no início do próximo ano, um comitê de alto nível sobre o desenvolvimento e o aquecimento climático para negociar estas questões.

Os tratados elaborados em Copenhague acabaram com um acordo político de apenas três páginas, não vinculante, onde não constam os pontos considerados essenciais para se enfrentar o aquecimento global.

hc/LR

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG