Ban Ki-moon pede ação imediata para resolver a crise dos alimentos

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, disse nesta sexta-feira em Viena que a crise alimentícia requer ação imediata e anunciou que o Programa Mundial de Alimentos das Nações Unidas oferecerá US$ 755 milhões a projetos concretos para atenuar este problema.

EFE |

Durante uma visita à sede das Nações Unidas em Viena, Ban Ki-moon acrescentou que, a longo prazo, são necessárias consultas em nível internacional para aumentar a produção agrícola.

Leia mais sobre: crise alimentícia

    Leia tudo sobre: crise dos alimentos

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG