O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, exortou os estados dotados de armas nucleares a reafirmarem sem equívoco sua determinação de eliminá-las, na abertura nesta segunda-feira, em Nova York, da conferência sobre o Tratado de Não Proliferação (TNP)." /

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, exortou os estados dotados de armas nucleares a reafirmarem sem equívoco sua determinação de eliminá-las, na abertura nesta segunda-feira, em Nova York, da conferência sobre o Tratado de Não Proliferação (TNP)." /

Ban Ki-moon pede a eliminação de todas as armas nucleares

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, exortou os estados dotados de armas nucleares a reafirmarem sem equívoco sua determinação de eliminá-las, na abertura nesta segunda-feira, em Nova York, da conferência sobre o Tratado de Não Proliferação (TNP).

AFP |

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, exortou os estados dotados de armas nucleares a reafirmarem sem equívoco sua determinação de eliminá-las, na abertura nesta segunda-feira, em Nova York, da conferência sobre o Tratado de Não Proliferação (TNP).

"Não fazê-lo será o mesmo que dar um passo atrás", disse ele aos delegados dos 150 países que participam da reunião, que vai até 28 de maio.

Ban também pediu aos estados não signatários do TNP, que entrou em vigor em 1970, a aderir a ele "o mais rapidamente possível".

"Enquanto se espera sua assinatura, são necessárias medidas para garantir a segurança dos arsenais e da tecnologia destes países", acrescentou Ban. "Materiais nucleares não devem cair em mãos de atores não éticos ou de terroristas."

A conferência quinquenal sobre o TNP, voltada para o progresso em matéria de desarmamento e a reforçar a vigilância dos programas nucleares em todo o mundo, acontece ao mesmo tempo em que o Conselho de Segurança debate um projeto ocidental de novas sanções contra o Irã.

hc/eg/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG