Ban Ki-moon ordena envio imediato de equipe humanitária ao Sri Lanka

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, disse nesta quinta-feira em Bruxelas que ordenará o envio imediato de uma equipe humanitária ao Sri Lanka para contribuir na assistência à população, vítima do conflito entre as forças do governo e os rebeldes.

AFP |

"Vou pedir o envio imediato de uma equipe humanitária para supervisionar a situação e ajudar na assistência humanitária e fazer tudo o que for possível para proteger a população civil", declarou Ban à margem da conferência internacional de doadores para a Somália.

"Estou muito preocupado com a rápida deterioração da situação", disse o secretário-geral, que pediu a todas as partes que atendam ao apelo da véspera do Conselho de Segurança da ONU para acabar com a violência.

O Conselho da ONU exigiu quarta-feira aos rebeldes tâmeis do Sri Lanka que entreguem suas armas, se rendam e liberem os civis que sequestraram.

"Não há mais tempo a perder", afirmou Ban Ki-moon. Os rebeldes "devem depor as armas e fazer tudo o que for possível para proteger os civis", destacou, enquanto pedia assistência do governo do Sri Lanka.

O governo do Sri Lanka vem impedindo há meses a maioria das agências humanitárias a trabalhar nas regiões do nordeste e abriu campos para refugiados que fogem das zonas de combate.

app/lm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG