Ban Ki-moon dedica 60º aniversario dos DH aos defensores desses direitos

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, dedicou nesta sexta-feira o 60º aniversário da Declaração Universal dos Direitos do Homem a todos aqueles que lutaram por sua defesa e aplicação.

AFP |

"É o seu dia!", disse Ban em diferentes oportunidades, ante os representantes dos Estados membros da ONU reunidos no Palácio das Nações, em Genebra, para uma sessão extraordinária do Conselho dos Direitos Humanos.

"É um dia para prestar tributo a todos aqueles militantes que se recusaramm a ser silenciados por seus verdugos, aos que sabiam que a razão deve sempre prevalecer sobre a força", acrescentou.

São estes ativistas os "que estão na primeira linha da luta contra as violações e que arriscaram a própria vida para garantir a proteção de outros", declarou.

"São os portadores de deficiência que elaboraram e dirigiram o projeto de tratado de seus direitos; são as vítimas de torturas que se sublevaram contra as atrocidades; são as mulheres que lutaram contra a discriminação sexual", destacou.

Ban Ki-moon também homenageou os especialistas da ONU e das Organizações Não Governamentais (ONG) que "levam o estandarte" dos direitos humanos.

O secretário-geral da ONU defendeu, também, "a necessidade de liberdade para os meios de comunicação, que não devem ser intimidados nunca".

dro/ca/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG