Nova Délhi, 30 out (EFE).- O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, que está em visita oficial na Índia, disse hoje que está comprometido a fortalecer e reformar o organismo internacional.

Em discurso pronunciado em Nova Délhi, Ban pediu à Índia que tenha "confiança" na ONU e expressou seu desejo de reformar a "gestão" e as "estruturas" das Nações Unidas, segundo a agência "Ians".

"Se temos que pedir algo aos outros, temos que nos exigir igualmente", disse Ban, em alusão à vontade da Índia de entrar no Conselho de Segurança da ONU.

Esta é uma das antigas reivindicações de Nova Délhi e o Governo aproveitará a visita de Ban para insistir nela, segundo fontes oficiais citadas pela "Ians".

"A experiência da Índia desacredita o tão ouvido argumento de que o desenvolvimento deve preceder a democracia. Por outro lado, através da democracia, seu país progrediu e eliminou muitos males sociais", disse Ban aos indianos.

Segundo um comunicado do escritório da ONU em Nova Délhi, o diplomata sul-coreano também se reuniu com o presidente do Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas da ONU (IPCC), Rajendra Pachauri, cujo organismo obteve o Prêmio Nobel da Paz em 2007.

Ban disse que a equipe de Pachauri é um "grande ativo" para a ONU e fez com que a Índia possa se sentir "orgulhosa" com sua "liderança e incansável trabalho para frear a mudança climática". EFE amp/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.