Publicidade
Publicidade - Super banner
Mundo
enhanced by Google
 

Ban elogia proposta de trégua feita pelo Governo sudanês em Darfur

Nações Unidas, 12 nov (EFE) - O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, elogiou hoje a proposta de trégua em Darfur realizada pelo presidente do Sudão, Omar Hassan Ahmad al-Bashir, e pediu às partes envolvidas no conflito para realizar progressos concretos rumo à paz.

EFE |

Ban, em uma declaração escrita de seu porta-voz, respaldou a declaração do presidente do Sudão sobre um "imediato cessar-fogo" entre o Governo de Cartum e os movimentos armados em Darfur, assim como a intenção de suas autoridades de desarmar as milícias.

Também ressaltou que "a eficácia de qualquer cessar-fogo depende de que as partes demonstrem seu compromisso no fim das hostilidades, em particular porque os últimos esforços para alcançar isso não foram bem-sucedidos".

O principal responsável das Nações Unidas ressaltou que "a comunidade internacional segue esperando que o Governo do Sudão e os grupos rebeldes realizem progressos concretos para a resolução pacífica do conflito".

No Sudão, Bashir anunciou hoje um cessar-fogo unilateral na região de Darfur, mas o principal grupo rebelde o rejeitou e expressou desconfiança a qualquer promessa do governante.

Segundo o presidente sudanês, o cessar-fogo "imediato e incondicional" será supervisado por uma comissão da qual façam parte, entre outras personalidades, representantes da Missão de Paz da ONU e da União Africana em Darfur, no oeste do Sudão.

O presidente do Sudão fez o anúncio em um momento em que os juízes do Tribunal Penal Internacional (TPI), com sede em Haia, estudam a possibilidade de emitir uma ordem de detenção contra o presidente sudanês por seu papel no conflito de Darfur, que começou em fevereiro de 2003. EFE emm/db

Leia tudo sobre: iG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG