Nações Unidas, 5 mai (EFE).- O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, lamentou hoje a perda de vidas em Mianmar por causa da passagem do ciclone Nargis, e disse que a instituição está disposta a ajudar o país asiático se o Governo birmanês solicitar.

O secretário-geral enviou também uma mensagem de condolências às famílias dos cerca de 4.000 mortos e 3.000 desaparecidos devido à passagem do ciclone, afirmou em comunicado à imprensa.

Além disso, disse que, "como primeiro passo, o Escritório de Coordenação de Desastres e Assistência da ONU (Undac) já se organizou e está à espera de prestar assistência humanitária ao Governo (birmanês), se for requerido".

"A ONU também está preparada para ampliar qualquer outro tipo de assistência e para mobilizar a ajuda internacional, se o Governo (birmanês) pedir", acrescentou.

A passagem do ciclone tropical "Nargis" pelo país asiático deixou até o momento, e segundo as autoridades birmanesas, 3.969 mortos e cerca de 3.000 desaparecidos. EFE emm/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.