Ban deixa Tóquio com destino a Cingapura e Mianmar

Tóquio, 2 jul (EFE).- O secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, partiu hoje do Japão em direção a Cingapura, onde fará uma parada antes de se dirigir a Mianmar (antiga Birmânia) para discutir com autoridades do país a situação da líder opositora Aung San Suu Kyi.

EFE |

Ban, que chegou na terça-feira à capital japonesa, decolou hoje do aeroporto Internacional de Narita às 11h05 locais (0h05 de Brasília), como estava previsto em sua agenda, informaram à Agência Efe fontes locais.

O secretário-geral da ONU concluiu hoje uma visita de três dias ao Japão, na qual se reuniu com o ministro de Exteriores japonês, Hirofumi Nakasone, e com o primeiro-ministro, Taro Aso.

Em Tóquio, o secretário-geral da ONU centrou suas conversas na Coreia do Norte, na mudança climática e na reforma do Conselho de Segurança da ONU, onde o Japão tenta uma cadeira permanente.

Após deixar o Japão, Ban Ki-moon deve parar em Cingapura e chegar na sexta-feira a Yangun, onde prometeu transmitir uma "mensagem forte" ao Governo birmanês sobre a situação de Suu Kyi, que pode ser condenada a cinco anos de prisão. EFE yk-clb/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG