Ban: decisão unilateral de Israel é primeiro passo para fim das hostilidades

Nações Unidas, 17 jan (EFE).- O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, considerou hoje que a decisão do Governo de Israel de declarar unilateralmente o cessar-fogo é o primeiro passo para o fim das hostilidades entre o país e o movimento radical islâmico Hamas.

EFE |

Ban, que segundo uma declaração escrita distribuída hoje pelas Nações Unidas diz se sentir "aliviado" pela decisão de Israel, assinala também que isso deveria ser o primeiro passo para estabelecer um cessar-fogo durável e sustentado que conduza à plena retirada das tropas israelenses de Gaza.

O principal responsável da ONU, que se encontra no Líbano e amanhã participará da reunião convocada pelo Egito em Sharm-el-Sheikh, ressaltou que este é o objetivo da resolução 1.860 adotada pelo Conselho de Segurança da ONU.

Essa resolução foi adotada no dia 8 de janeiro pelo Conselho de Segurança e pede um cessar-fogo imediato, durável e que seja respeitado em sua totalidade, e foi revalidada na sexta-feira pela Assembleia Geral da ONU.

Além disso, ressaltou que o Hamas tem que parar já de disparar foguetes contra Israel, ao mesmo tempo assegurando que a imediata prioridade é conseguir o acesso urgente de ajuda humanitária em favor da população de Gaza, que há 22 dias sofre com a invasão israelense. EFE emm/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG