Ban condena atentado contra peregrinos xiitas no Iraque

Nações Unidas, 13 fev (EFE).- O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, condenou hoje o atentado suicida contra peregrinos xiitas perpetrado hoje nas proximidades de Bagdá, deixando ao menos 35 mortos e 65 feridos.

EFE |

Ban também condenou outros atentados similares contra inocentes civis nos últimos dias, que deixaram dezenas de mortos e feridos, entre eles muitas crianças e mulheres.

O secretário-geral da ONU afirmou que estes ataques não podem ser justificados por razões políticas ou religiosas, e devem ser condenados "da maneira mais forte possível".

Ban disse que se une ao povo do Iraque no repúdio a esse "cruel e condenável" atentado que tem o propósito que aumentar a violência e o sectarismo no país.

Além disso, pediu que os líderes iraquianos trabalhem juntos "em um espírito de diálogo nacional e respeito mútuo", como demonstraram durante as eleições provinciais que do mês passado. EFE rh/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG