Nações Unidas, 20 ago (EFE) - O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, condenou hoje a série de atentados que, em pouco mais de 24 horas, deixaram mais de 50 mortos em diversos pontos da Argélia.

A porta-voz da ONU, Marie Okabe, disse que o secretário-geral se encontra muito preocupado pelos atentados que atingiram a sociedade argelina e condena o uso da violência.

Ban pediu à comunidade internacional para respaldar o trabalho antiterrorista do Governo argelino e assegurou que a violência não deterá o progresso desse país em direção à paz e à reconciliação nacional.

Um dia após um atentado que matou 48 pessoas e deixou 45 feridos, o terrorismo voltou a atingir hoje a Argélia, com dois ataques com carro-bomba na cidade de Bouira, na região da Cabília, que deixaram pelo menos 11 mortos e 31 feridos, segundo informou o Ministério do Interior argelino. EFE jju/db

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.