papel-chave no desenvolvimento - Mundo - iG" /

Ban afirma que deficientes têm papel-chave no desenvolvimento

Nações Unidas, 3 dez (EFE) - O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, assegurou hoje, coincidindo com a celebração do Dia Internacional das Pessoas com Deficiência, que esse coletivo deve desempenhar um papel-chave nos processos de desenvolvimento contra a pobreza.

EFE |

Segundo dados das Nações Unidas, no mundo há mais de 400 milhões de incapacitados, tanto física quanto intelectualmente.

Ban ressaltou em comunicado que a Assembléia Geral da ONU destacou a necessidade de incluir os incapacitados nos esforços para alcançar os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM) em 2015.

"Com 80% dos incapacitados vivendo em países pobres, precisamos fazer muito mais para romper o ciclo da pobreza e da incapacidade", disse Ban.

Para conseguir este objetivo, o secretário-geral da ONU pediu aos Governos que garantam aos deficientes a possibilidade de ser parte integral de todos os processos de desenvolvimento.

Ban lembrou que esse coletivo tem "muito que comemorar" este ano, já que, em 3 de maio, entrou em vigor a Convenção da ONU sobre os Direitos da Pessoa com Deficiência, na qual estabelece-se que os Estados-membros têm a obrigação legal de promover e proteger seus direitos.

O Dia Internacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência ocorre uma semana antes do 60º aniversário da Declaração Universal dos Direitos Humanos, e as Nações Unidas lembram as duas datas com o lema "Dignidade e Justiça para todos nós".

A celebração anual tem por objetivo sensibilizar a opinião pública sobre as questões relacionadas com a incapacidade e mobilizar o apoio à dignidade, aos direitos e ao bem-estar dos afetados.

Além disso, propõe-se a promover a tomada de consciência sobre os benefícios da integração das pessoas com incapacidade em todos os aspectos da vida política, social, econômica e cultural. EFE atc/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG