Pelo menos três pessoas morreram e 22 ainda estão desaparecidas após a balsa em que viajavam ter afundado próximo à cidade filipina de Batangas, ao sul da capital do país, Manila. A embarcação levava 88 passageiros e tripulantes quando afundou.

Barcos e navios que navegavam pela área resgataram mais de 60 pessoas.

O acidente é o segundo com uma embarcação nas Filipinas em poucos dias.

Pelo menos 24 pessoas ainda estão desaparecidas após um choque entre uma balsa e um barco pesqueiro na baía de Manila na última quinta-feira.

Resgate
No acidente de Batangas, os sobreviventes disseram que a balsa virou após ter acumulado água.

Três embarcações que passavam pelo local ajudaram as equipes de resgate a retirar os sobreviventes da embarcação MV Baleno-9.

"Havia dezenas de pessoas na água pedindo ajuda e gritando os nomes de seus parentes", relatou a uma rádio local um dos sobreviventes, Eric Musngi, segundo a agência de notícias Reuters.

"Não sei o que aconteceu com minha mãe e com minha irmã mais velha", disse ele.

Acidentes marinhos são comuns nas Filipinias, um arquipélago com mais de 7.100 ilhas, por causa das tempestades tropicais e por causa das normas de segurança precárias.

No ano passado, mais de 800 pessoas morreram após uma balsa virar durante um tufão no centro do país.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.