Mais de 460 pessoas continuam desaparecidas quase duas semanas depois da passagem do tufão Morakot por Taiwan, ao mesmo tempo que o balanço de mortos subiu a 153.

O número de de desaparecidos parece confirmar o que já havia antecipado pelo presidente Ma Ying-jeaou, que informou que o balanço de poderia superar 500 mortos. Muitas pessoas parecem ter sido soterradas em deslizamentos de terra.

O governo taiwanês anunciou na quinta-feira uma ajuda especial de três bilhões de dólares às vítimas e para a reconstrução das áreas afetadas.

aw-dd/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.