PORTO PRÍNCIPE - O número de pessoas mortas em consequência do terremoto que devastou o Haiti no dia 12 de janeiro já passa de 100.000, chegando a 111.499, segundo um comunicado divulgado nesta sexta-feira pelo Ministério do Interior haitiano.

Até esta sexta, o balanço de mortos oficial, mantido pelas autoridades haitianas, estava em 75.000 pessoas.

A cifra de 150.000 a 200.000 mortos havia sido aventada pelos americanos, mas o general Ken Keen, que coordena a força especial americana no Haiti, indicou que se tratava apenas de "uma hipótese de trabalho".

AP
Haitiana de 84 anos foi resgatada com vida

Haitiana de 84 anos foi resgatada com vida nesta sexta-feira

A Organização das Naçõe Unidas estima que pelo menos três milhões de haitianos tenham sido afetados pelo tremor.

O novo balanço apresentado nesta sexta dá conta de 193.891 pessoas feridas no terremoto, que alcançou 7 graus na escala Richter. Segundo o Ministério do Interior haitiano, mais de 55.000 famílias foram afetadas pelo desastre, enquanto 609.621 estão atualmente alojadas nos cerca de 500 campos instalados para receber os desabrigados.

Mais de 11.000 casas ficaram completamente destruídas, e pelo menos 32.000 foram danificadas pelo abalo, ainda de acordo com o ministério.

Veja também:

Leia mais sobre terremoto



    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.