Um ataque suicida na cidade paquistanesa de Mardan (noroeste) matou neste domingo 13 pessoas, informou o governo.

"Pelo menos 13 pessoas morreram e muitas outras ficaram feridas", disse o ministro para a província da Fronteira do Noroeste, Bashir Bilour.

Ele disse que a meta do ataque era prejudicar as negociações de paz com os líderes tribais da região.

str-mmg/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.