Tamanho do texto

Bailarino é obrigado a dançar para comprovar sua identidade no aeroporto de Israel

JERUSALÉM - Um membro do renomado grupo de dança Alvin Ailey disse que teve que dançar diante de agentes de segurança de um aeroporto de Israel para comprovar sua identidade. Abdur-Rahim Jackson disse ao jornal Yediot Ahronot que foi selecionado pelos agentes de segurança quando o grupo chegou ao aeroporto e teve que dançar para comprovar sua habilidade.

Ele informou ao jornal que fez alguns passos de dança e foi liberado depois de um questionamento. O porta-voz da companhia de dança em Israel afirmou nesta terça-feira que Jackson foi questionado além do necessário por causa de seu nome muçulmano.

Segundo o porta-voz, Jackson não prestou queixa contra os agentes; A Autoridade Aeroportuária de Israel afirmou não ter registros do incidente que aconteceu na noite de domingo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.