Bactérias podem aliviar dores, diz estudo

Berlim, 8 abr (EFE).- Os componentes principais das bactérias podem aliviar a dor em tecidos inflamados, conclui um estudo apresentado hoje por um grupo de cientistas do Hospital Universitário Charité, de Berlim.

EFE |

Até agora se pensava que, em geral, as inflamações causadas por bactérias tornavam mais intensa a dor.

As bactérias servem para estimular a migração dos leucócitos (glóbulos brancos) que se encontram nos tecidos inflamados, e que, junto com os agentes químicos emissores do sistema circulatório e as fibras nervosas, são as responsáveis pela dor inflamatória.

No entanto, descobriram que os glóbulos brancos, entre os quais se encontram os neutrófilos, também podem aliviar este tipo de dor.

Os agentes bacterianos liberam endorfinas -que se vinculam aos receptores das fibras nervosas provocando dor nos tecidos inflamados- e inibem, desta forma, as dores causadas.

Assim, o papel que desempenham os germes com relação ao foco inflamatório pode resultar decisivo em alguns casos.

A experiência já foi comprovada com ratos, que tinham inflamações em suas patas e foram submetidos a tratamento com germes.

"Se conseguirmos tornar mais eficaz este sistema, as doenças inflamatórias poderiam acontecer sem dor no futuro", afirmou o professor Christoph Stein, do Instituto Clínico de Anestesia e Medicina Intensiva Operacional do campus Benjamin Franklin, um dos responsáveis pelo estudo. EFE pb/jp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG