Bachelet usa lema de Obama para expressar confiança no futuro

A presidente chilena, Michelle Bachelet, adotou neste sábado o lema da campanha eleitoral de Barack Obama ao afirmar Yes, we can (sim, nós podemos) como uma mensagem de otimismo ao vice-presidente dos Estados Unidos, Joseph Biden, em sua primeira visita à América Latina.

EFE |

"O mundo está vivendo momentos muito difíceis (...). Podemos estar na presença de verdadeiros desastres", disse Bachelet ao abrir a Cúpula de Líderes Progressistas, realizada este sábado na cidade de Viña del Mar, no Chile.

A governante chilena elogiou a presença do presidente Luiz Inácio Lula da Silva; da líder da Argentina, Cristina Fernández de Kirchner; e do chefe de Estado do Uruguai, Tabaré Vázquez, assim como do vice-presidente dos Estados Unidos, Joseph Biden.

Bachelet destacou que a chegada de Obama à Casa Branca "abre uma etapa de esperança", e elogiou "a tremenda vontade de seguir em frente" expressada pelos Estados Unidos. "Yes, we can", disse Bachelet ao parafrasear o lema de campanha de Obama.

Ela também agradeceu a presença do premiê do Reino Unido, Gordon Brown, do primeiro-ministro da Noruega, Jens Stoltenberg, e do chefe do Governo espanhol, José Luis Rodríguez Zapatero.

"A crise demonstrou a importância da política, do público", afirmou Bachelet, que ressaltou que o mundo enfrenta o desastre de "um modelo de globalização que vivemos desde o fim da Guerra Fria", baseado no "laissez-faire" ("deixe fazer").

A governante chilena ressaltou que a crise derrubou "o paradigma do mercado onipresente" e abre uma "oportunidade" para que os povos "não abandonem os vaivéns do mercado".

Leia mais sobre: Obama

    Leia tudo sobre: obama

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG