Bachelet quer promover Betancourt para o Prêmio Nobel da Paz

SANTIAGO (Reuters) - A presidente chilena, Michelle Bachelet, disse que promoverá a candidatura da ex-candidata presidencial colombiana Ingrid Betancourt para o Prêmio Nobel da Paz. Em um entrevista publicada pelo diário estatal La Nación de Chile, Bachelet disse que convidará para visitar o país a política franco-colombiana, que foi resgatada na quarta-feira após três anos presa pelas Farc. Mais para frente, quando ela estiver mais tranquila, quando passar esta grande atenção mundial e estivermos mais livres de qualquer interpretação sobre a busca de créditos políticos, eu a convidarei para vir ao Chile, disse Bachelet.

Reuters |

'Agora, o que eu posso anunciar desde já é que promoverei decididamente seu nome para o Prêmio Nobel da Paz', agregou a mandatária chilena.

Na quarta-feira, Bachelet qualificou o resgate de Betancourt, junto a outros 14 sequestrados, como um 'êxito de democracia, da paz e da liberdade' e pediu a libertação de todos os reféns detidos pelas Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia.

Em março, o marido de Betancourt, Juan Carlos Lecompte, foi recebido em Santiago por Bachelet, a quem pediu ajuda para a liberação da ex-candidata presidencial.

(Reportagem de Rodrigo Martínez)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG