Bachelet critica Brasil por não recomendar viagens ao Chile

Washington, 24 jun (EFE).- A presidente chilena, Michelle Bachelet, rejeitou hoje a recomendação do Brasil para que se evite viagens a Chile e Argentina pelo risco de contágio da gripe suína e disse que a solução não é fechar as portas à entrada das pessoas.

EFE |

Bachelet, que hoje visitou a sede da Organização Pan-americana da Saúde (OPS) em Washington, atribuiu a recomendação do Brasil ao "susto e ao medo" causado pela propagação do vírus da gripe.

Já a ministra da Saúde da Argentina, Graciela Ocaña, considerou hoje razoável que o Governo brasileiro tenha recomendado evitar viagens para esses países.

"É uma recomendação de saúde como a que nós fizemos, para que as pessoas evitem viajar a zonas de risco, como Estados Unidos, Canadá e México", declarou a ministra ao canal de televisão "Todo Noticias". EFE cma/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG