ironia - Mundo - iG" /

Bachelet chama crise em países ricos de ironia

Buenos Aires, 7 out (EFE).- A presidente do Chile, Michelle Bachelet, classifiou de ironias da vida o fato de países ricos queensinavam à América Latina a organizar e modernizar os mercados e o Estado estarem em crise por falta de regulação.

EFE |

Durante visita a Buenos Aires hoje, Bachelet reuniu-se com sua colega argentina, Cristina Fernández de Kirchner, com quem compartilhou preocupação pela crise financeira global e analisou uma possível resposta regional a este problema.

"Por anos, países ricos e centros financeiros internacionais nos ensinavam a organizar e modernizar nossos mercados e nosso Estado (...) e vemos que os países ricos, por falta de regulação, entram em crise", reiterou.

Neste sentido, Bachelet disse que o Chile aplicou "uma série de medidas lições ensinadas pelos países mais desenvolvidos: uma institucionalidade fiscal adequada, transparência nas compras públicas, um sistema financeiro regulado".

"Não achamos que o mercado resolva tudo. Acreditamos em regulações que organizem o mercado e que permitam ao Estado garantir a justiça social", acrescentou.

Bachelet anunciou que a presidente argentina fará sua primeira visita oficial ao Chile em 4 e 5 de dezembro próximos, na comemoração pelos 30 anos do início da mediação papal no conflito entre os dois países pela soberania no Canal de Beagle.

Bachelet, que ocupa temporariamente a Presidência da União de Nações Sul-americanas (Unasul), também destacou a rapidez com que seus 12 países-membros "se uniram por uma Bolívia unida, em paz e em democracia" depois da tentativa de golpe de Estado civil denunciado pelo Governo de Evo Morales.EFE hd/jp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG