Os azeris foram às urnas nesta quarta-feira em uma consulta sobre o limite do número de reeleições presidenciais, que foi suspenso por 92% dos eleitores, segundo resultados parciais divulgados com 54% dos votos apurados, anunciou a comissão eleitoral central.

Além do limite à reeleição, a população também foi consultada sobre cerca de dez outras emendas constitucionais, como a restrição dos direitos dos meios de comunicação, informou o chefe da comissão eleitoral central, Mazahir Panakhov.

"A porcentagem do 'sim' é tão grande que já podemos dizer que estas mudanças serão aprovadas", disse.

A aprovação da emenda que suspende o limite de mandatos presidenciais permitirá que o atual presidente, Ilham Aliev, de 47 anos, se candidate mais uma vez.

Ilham Aliev foi reeleito em outubro do ano passado com uma ampla margem de votos para um segundo mandato de cinco anos, que, de acordo com a Constituição, deveria ser o último.

Seu pai, Heydar Aliev, ex-membro da KGB e líder comunista, governou o Azerbaijão de 1969 a 2003.

Grupos da oposição fizeram campanha pelo boicote ao referendo, por considerá-lo uma farsa destinada a perpetuar o poder nas mãos da família Aliev.

eg-mm/ap

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.