Avó dos óctuplos critica inconsciência da filha

A avó dos óctuplos que nasceram no final de janeiro nos Estados Unidos criticou a decisão inconsciente de sua filha, que já tinha seis crianças, de implantar novos embriões.

Redação com agências internacionais |


Em uma entrevista em vídeo, divulgada nesta segunda-feira no site radaronline.com, Angela Suleman afirmou o seguinte sobre sua filha, Nadya, de 33 anos: "Ela realmente não tem idéia do que faz a suas crianças e a mim".

"Não sei como vai se sair disso", afirmou a avó, que vive em uma casa de quatro quartos na periferia de Los Angeles (oeste da Califórnia), com a filha e os seis netos anteriores, todos com menos de sete anos.

"Realmente estou cansada de ocupar-me dos netos e Nadya precisa saber como vai mantê-los (financeiramente)", acrescentou Suleman, que vive de aposentadoria como professora, segundo o site radaronline.com.

Clique aqui para assistir à entrevista com a avó das crianças.

Caso raro

Os óctuplos, seis meninos e duas meninas, nasceram no hospital Kaiser Permanente de Bellflower (30 km a sudeste de Los Angeles) de cesárea.

Prematuros de nove semanas e meia, eles pesavam entre 820 gramas e 1,54 kg no nascimento e a equipe médica informou que seis deles respiravam sem ajuda de aparelhos.
Trata-se do segundo nascimento de óctuplos com vida nos anais da medicina. Se todos sobreviverem, será um caso inédito.

O primeiro nascimento de óctuplos nos EUA, seis meninas e dois meninos, e o único até agora registrado no mundo, foi em Houston (Texas, sul) no fim de 1998. Uma das meninas morreu uma semana depois de vir ao mundo. As sete outras crianças comemoraram recentemente seu nono aniversário.

Leia mais sobre óctuplos

    Leia tudo sobre: octuplos

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG