ADIS-ABEBA, Etiópia (Reuters) - A avó do presidente dos Estados Unidos Barack Obama vai usar sua recente condição de celebridade para ajudar na erradicação da mosca tsé-tsé, um inseto que causa a doença do sono, disse a União Africana (UA) nesta segunda-feira. Sarah Obama, de 87 anos, foi presenteada com uma bomba de pulverizador e inseticida suficiente para tratar 3 mil animais -- que assim como os humanos podem ser infectados pelo inseto-- por uma equipe da UA que visitou sua aldeia em Kogelo, no oeste do Quênia, no mês passado.

"A mama Sarah estimou muito o presente e prometeu em seu idioma local que será embaixadora em sua área para erradicar a mosca tsé-tsé", disse a União Africana.

A avó de Obama lembrou uma epidemia em 1968 da doença do sono em sua aldeia, acrescentou o comunicado.

Aproximadamente 37 países africanos sofrem com a mosca tsé-tsé e a doença do sono ou tripanossomo.

O programa da UA contra a doença conseguiu eliminar as moscas em Botsuana e na Namíbia.

(Reportagem de Tsegaye Tadesse)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.