Avião turco que sofreu acidente havia apresentado defeito na segunda-feira

A companhia aérea Turkish Airlines (THY) indicou nesta quinta-feira que o avião que caiu na véspera perto de Amsterdã havia passado por um reparo no início da semana.

AFP |

Segunda-feira, o avião, "que deveria realizar um vôo com destino a Madri, foi retirado de serviço depois de um informe de um piloto sobre uma falha do painel principal de advertência, e a peça defeituosa foi substituída no mesmo dia, permitindo ao avião voltar à atividade", afirmou a THY.

"Depois desta mudança, o avião realizou oito decolagens e aterrissagens sem apresentar nenhum problema", acrescentou a companhia em um comunicado citado pela agência de notícias Anatólia.

O Boeing 737-800 também passou por uma mudança, em 28 de outubro, perto da janela Krueger esquerda. Estas janelas servem para facilitar a decolagem e a desaceleração na aterrissagem.

A aeronave passou também por uma revisão de rotina em 22 de outubro, destacou a THY.

"A THY realizou todos os trabalhos de manutenção do avião de acordo com as recomendações do fabricante e das autoridades nacionais e internacionais", acrescentou a companhia.

O avião, proveniente de Istambul, com 127 passageiros e sete membros da tripulação a bordo, caiu quarta-feira num campo perto do aeroporto de Amsterdã-Schiphol, seu destino final.

Nove pessoas morreram, das quais três pilotos, e 63 pessoas ainda estão internadas, delas seis em estado crítico.

nc/lm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG