Avião turco cai na Holanda com 134 pessoas a bordo

AMSTERDÃ (Reuters) - Uma aeronave turca com 134 pessoas a bordo sofreu um acidente quando tentava aterrissar no aeroporto Schiphol, em Amsterdã, na quarta-feira, disseram autoridades, e uma rede de TV holandesa informou que pelo menos cinco pessoas morreram. Equipes de resgate não estavam disponíveis para confirmar as mortes.

Reuters |

O avião da Turkish Airlines, procedente de Istambul, partiu-se em três pedaços quando atingiu o chão próximo à pista do aeroporto, a cerca de 20 km a sudoeste de Amisterdã.

"A aeronave caiu em um campo fora do perímetro do aeroporto", disse uma autoridade de Schiphol. "Todas as operações de resgate estão a pleno vapor no momento."

Imagens da TV holandesa mostram o avião no solo, com a fuselagem rompida próximo à cauda e rachada perto da cabine dos pilotos. O avião não pegou fogo.

"A maioria dos passageiros está ferida, mas há pessoas que não se feriram. Cerca de 30 ambulâncias vieram para cá", afirmou o funcionário.

Cerca de 50 pessoas teriam escapado ilesas, de acordo com a rede CNBC Turquia.

O presidente da Turkish Airlines, Candan Karliltekin, disse em uma coletiva de imprensa em Istambul que havia 127 passageiros, incluindo um bebê, a bordo, além de 7 tripulantes.

O sobrevivente Huseyin Sumer disse à rede CNN Turk por telefone: "O avião partiu em três pedaços. Nós estamos ligando para as pessoas para dizer que a situação não é muito grave, mas pode haver mortos na parte frontal do avião".

Autoridades aeroportuárias disseram que a aeronave acidentada é um Boeing 737-800, que fazia o voo TK 1951, procedente de Istambul.

Uma coletiva de imprensa foi marcada para acontecer em Schiphol por volta das 9h30 (horário brasileiro).

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG