Avião russo cai nos Montes Urais e mata 87 pessoas

Moscou - Um avião russo caiu na região montanhosa dos Urais e matou todas as 87 pessoas a bordo, incluindo os cinco membros da tripulação, informou a rádio local Ekho Moskvy.

EFE |

Outras fontes falam em 88 o número de pessoas que viajavam no aparelho.

O Boeing-737 das linhas nacionais Aeroflot já tinha iniciado a manobra de aterrissagem quando caiu perto da cidade de Perm, para onde se dirigia.

O contato com o aparelho foi perdido quando sobrevoava a uma altura de 1.800 metros, segundo declarou à agência "Itar-Tass" Irina Andianova, porta-voz do Ministério de Situações de Emergências.

Os restos do avião foram localizados perto da localidade de Perm, que fica a cerca de 1700 quilômetros de Moscou, trajeto que é feito em umas duas horas de vôo.

Fontes oficiais disseram que os restos de aparelho estavam espalhados em uma área pantanosa nos arredores desta cidade na qual vivem cerca de um milhão de pessoas.

As causas do acidente são desconhecidas, assim como as condições atmosféricas no lugar quando o aparelho chegava a seu destino.

Fontes oficiais russas também não contam com informação sobre a possibilidade de que o Boeing-737 tivesse sido alvo de um ataque terrorista.

Leia mais sobre acidente de avião

    Leia tudo sobre: acidenteacidente aéreo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG