Um grupo de 30 brasileiros, incluindo 18 intelectuais que partipavam de um congresso literário em Santiago do Chile, viajam nesta segunda-feira de volta ao Brasil em um avião da Força Aérea Brasileira, confirmaram ao iG fontes do Palácio do Planalto. A previsão é de que o avião chegue ao País na madrugada de terça-feira.

O embarque será feito no avião reserva do presidente brasileiro, Luiz Inácio Lula da Silva, que visitou nesta segunda-feira o Chile para anunciar seu apoio ao país depois do terremoto de sábado.

Os 18 intelectuais participavam do I Congresso Ibero-Americano de Literatura Infantil e Juvenil, iniciado no dia 26 de fevereiro. O evento, que duraria até o dia 6 de março, foi suspenso após o terremoto do fim de semana, que deixou mais de 700 mortos no centro-sul do Chile.

Participavam do congresso 40 brasileiros, incluindo autores e profissionais ligados ao setor editorial do País.

Dentre eles estão as escritoras Lygia Bojunga e Ana Maria Machado; a especialista em Monteiro Lobato Marisa Lajolo; a ilustradora Ângela Lago; o secretário executivo do Plano Nacional do Livro e Leitura, José Castilho Marques Neto; a organizadora da Jornada de Passo Fundo, Tânia Rösing (RS); e a secretária-executiva da FNLIJ (Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil), Elizabeth Serra.

As fontes do Planalto não informaram quais são os brasileiros do evento que embarcaram de volta ao Brasil.

O grupo restante de 12 brasileiros é composto de pessoas que tinham entrado em contato previamente com a Embaixada do Brasil em Santiago e puderam ser contatadas facilmente por telefone.


Com EFE, Reuters e BBC

Leia também:

Leia mais sobre terremoto

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.