Lima, 10 ago (EFE).- O avião militar que levava o presidente preuano, Alan García, para a posse de seu colega equatoriano, o reeleito Rafael Correa, foi obrigado a efetuar uma aterrissagem de emergência na cidade de Chiclayo, confirmaram à Agência Efe fontes oficiais.

Em nota oficial, a Presidência peruana informou que o motivo do pouso foi uma rachadura no parabrisas da aeronave. EFE fcg/sc

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.