Avião que caiu no Suriname não tinha brasileiros

O Itamaraty confirmou na noite da última quinta-feira que não havia brasileiros no avião que caiu ontem no Suriname e matou 19 pessoas. A agência ¿France Press¿ noticiou erradamente que sete brasileiros estariam no acidente.

Redação com EFE |

O bimotor Antonov com 18 assentos, operado pela companhia Blue Wing Airlines, caiu em Benzdorp, no sul do país. Os corpos das vítimas foram recuperados por uma missão de resgate conjunta das Forças Armadas, da polícia e da Coordenadoria Nacional para Desastres. A empresa já havia antecipado que não havia vítimas brasileiras.

Houve três explosões no total", declarou Gerel van Embrwks, um dos líderes da missão de resgate, acrescentando que a aeronave ainda ardia, quando os socorristas chegaram, sendo necessário jogar areia para apagar as chamas.

O vice-presidente do Suriname, Ram Sardjoe, informou que "uma equipe de legistas chegará amanhã (sexta-feira) da Holanda para iniciar os trabalhos de identificação dos restos mortais".

O governo do Suriname deu seu apoio aos familiares das vítimas e aos representantes da companhia e não descartou decretar luto nacional.

De acordo com o presidente Ronald Venetiaan, "o governo estará ao lado dos familiares e da companhia para lhes assistir em todos os sentidos possíveis".

Leia mais sobre: Suriname

    Leia tudo sobre: suriname

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG