Avião polonês ignorou as ordens dos controladores aéreos russos

Os pilotos do avião polonês que caiu neste sábado em Smolensk ignoraram as instruções dos controladores aéreos russos, declarou neste sábado o subcomandante do Estado-Maior das Forças Aéreas russas, Alexandre Aliochine, citado pelas agências de notícias locais.

AFP |

O presidente da Polônia, Lech Kaczynski, morreu neste sábado quando o avião em que viajava com 95 pessoas, entre elas sua esposa e os principais comandantes das Forças Armadas, caiu sem deixar sobreviventes perto de Smolensk (oeste da Rússia).

A tragédia ocorreu no momento em que a aeronave tentava pousar em meio à névoa densa, pouco antes das 11h de Moscou (4h em Brasília), perto de uma pista de pouso situada na periferia da cidade de Pechersk, a alguns quilômetros de Smolensk.

AP
Destroços do avião que caiu na Rússia

Destroços do avião que caiu na Rússia

"O avião teria se chocado com árvores, incendiando em seguida", declarou o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores polonês, Piotr Paszkowski, ao canal TVN24.

"A bordo viajavam o presidente, a esposa, o chefe do Estado Maior e o vice-ministro das Relações Exteriores, Andrzej Kremer", acrescentou. Entre as vítimas também está o presidente do Banco Central polonês.

Todos se dirigiam a Katyn, perto de Smolensk, para assistir a um ato em homenagem a oficiais poloneses executados há 70 anos pela polícia de Stalin.

Veja o mapa do local do acidente aéreo:

Reprodução

(*com informações da AFP e BBC)

Leia mais sobre: acidentes aéreos

    Leia tudo sobre: acidente aéreopolônia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG