Avião militar dos EUA pega fogo no Catar

WASHINGTON (Reuters) - Um avião bombardeiro B-1 dos Estados Unidos pegou fogo após pousar na sexta-feira numa base aérea no Catar, mas os tripulantes escaparam ilesos, segundo a Força Aérea. O incidente em solo, como qualificou a Força Aérea, ocorreu por volta de 14h10 (hora de Brasília) na Base Aérea Udeid. A tripulação esvaziou a aeronave e está segura. O incêndio foi contido, afirma a nota.

Reuters |

Uma comissão de inquérito foi aberta para investigar o caso.

Uma fonte do setor de defesa dos EUA chegou a informar que o B-1 havia caído por razões desconhecidas. Ainda antes, a TV Al Jazeera, do Catar, informara erroneamente que se tratava de um B-52.

O B-1 é um bombardeiro de longo alcance, capaz de realizar missões intercontinentais sem reabastecer e de penetrar em redes defensivas sofisticadas.

As autoridades dos EUA deram poucos detalhes sobre o incidente. Não se sabe quantas pessoas havia a bordo e qual missão o avião realizava.

(Reportagem de Kristin Roberts e David Morgan)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG