Avião mergulha de bico antes de cair nos EUA e deixa 14 mortos

Por Emilie Ritter BUTTE, EUA (Reuters) - Um avião monomotor que levava um grupo de crianças e adultos para esquiar caiu após um repentino mergulho de frente pouco antes de chegar ao aeroporto de Butte, em Montana, deixando 14 mortos, informaram autoridades nesta segunda-feira.

Reuters |

Uma foto tirada por uma testemunha momentos após o acidente e exibida pela emissora CNN mostrou uma bola de fogo queimando no meio de árvores perto de um cemitério, a poucos metros do aeroporto Bert Mooney, no domingo.

Todos os sete adultos e sete crianças a bordo morreram, mas as autoridades não deram detalhes sobre os passageiros.

O presidente da entidade nacional de segurança no transporte dos EUA disse que sua equipe estava investigando o incidente e se o avião com 11 assentos estava voando acima do peso permitido. O monomotor não tinha caixa-preta e a investigação pode levar meses, de acordo com Mark Rosenker.

O avião Pilatus PC-12 levava três passageiros a menos que o informado inicialmente no domingo. O avião fez três paradas na Califórnia antes de partir para Bozeman, no Estado de Montana.

Bozeman e Butte são cidades com cerca de 30.000 habitantes cada, localizadas nas montanhas do oeste do Estado.

O piloto do monomotor pediu duas vezes para alterar o destino de Bozeman para Butte, sem explicar a razão, e nas duas vezes o centro de controle de voos de Salt Lake City aprovou a mudança, disse Rosenker em entrevista coletiva.

Segundo ele, testemunhas viram o avião dando um mergulho de 90 graus antes de cair.

Um funcionário da Administração Federal de Aviação em Los Angeles disse que o avião havia decolado da cidade de Oreville, no norte da Califórnia.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG