Avião dos EUA mata mulher de chefe do Taliban paquistanês

PESHAWAR, Paquistão (Reuters) - A mulher do líder do Taliban do Paquistão Baitullah Mehsud estava entre três pessoas que morreram nesta quarta-feira em um ataque realizado por um avião teleguiado norte-americano na região tribal do Waziristão, no sul do país, informaram parentes da vítima à Reuters. Segundo um parente da mulher, Mehsud não estava presente quando os mísseis atingiram uma casa pertencente a seu sogro em Makeen, uma aldeia praticamente inacessível no centro das terras de Mehsud, na fronteira do Afeganistão.

Reuters |

"Baitullah está seguro e vivo", disse Iqbal Mehsud, um primo da mulher morta, à Reuters por telefone.

Os Estados Unidos ofereceram 5 milhões de dólares de recompensa pela cabeça de Mehsud, um aliado da Al Qaeda considerado por muitos no Paquistão como o inimigo público número 1.

(Por Alamgir Bitani)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG