Avião de NY caiu 245 metros em 5 segundos

O avião que caiu em cima de uma casa no Estado de Nova York, na última quinta-feira, despencou cerca de 245 metros em apenas cinco segundos, de acordo com o Conselho Nacional de Segurança no Transporte dos Estados Unidos (NTSB, na sigla em inglês).

BBC Brasil |

Segundo o porta-voz da entidade, Steve Chealander, o Bombardier Dash 8 caiu de uma altitude de 1,8 mil pés (548 m) para 1 mil pés (304 m) pouco antes do impacto.

A aeronave operada pela Colgan Air para a Continental Airlines havia partido de Newark, em Nova Jérsei, e fazia seu procedimento de descida em Buffalo, em Nova York, quando caiu no subúrbio de Clarence Center, a 16 km do aeroporto. O acidente matou todas as 49 pessoas a bordo, além de uma em terra.


Avião atingiu casa em Buffalo, no Estado de Nova York / AP

Em entrevista coletiva no domingo, Chealander afirmou ainda que o avião estava no piloto automático até pouco antes da queda e que não foram encontrados sinais de que havia um grande acúmulo de gelo na aeronave o momento do acidente.

Uma análise inicial da caixa-preta do avião mostrou que a tripulação teria reclamado desse acúmulo nas asas. Nessas condições, a Bombardier recomenda que não seja usado o piloto automático.

Mas na entrevista, o porta-voz do NTSB disse que não há provas de que o piloto do voo da Continental Connect tenha cometido algum erro.

Os pilotos não comunicaram o controle de tráfego aéreo sobre qualquer problema durante o voo, e a gravação das conversas se mostrou normal até pouco antes do acidente.

Neste momento, segundo Chealander, foi ouvida uma conversa na qual os pilotos reclamavam da neve e da neblina. Em seguida, eles pediram permissão para aterrissar.

Mas investigações preliminares indicam que a aeronave não estava direcionada ao aeroporto onde deveria pousar.

O estudo da caixa-preta também revelou que o avião "rolou" e foi "arremessado" várias vezes segundos antes de se chocar com a casa.

Leia mais sobre acidente de avião

    Leia tudo sobre: acidente de avião

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG